Ação acontece em Juiz de Fora, Belmiro Braga e Coronel Pacheco.
Eleitores de Chácara deve fazer revisão biométrica até dia 18 de dezembro.

Os eleitores de Juiz de Fora, Belmiro Braga, Coronel Pacheco já podem procurar a Justiça Eleitoral para o recadastramento biométrico. A medida visa garantir mais segurança e a autenticidade do voto.Já os eleitores de Chácara devem comparecer ao posto de atendimento para fazer a revisão biométrica.

O procedimento de recadastramento biométrico envolve a coleta das impressões digitais de todos os dedos das mãos do eleitor e a assinatura digital, além da fotografia.

A técnica judiciária, Vilma Sinnott, explicou ao G1 que os eleitores de Juiz de Fora, Coronel Pacheco e Belmiro Braga têm até o fim de 2017 para realizarem o cadastro das impressões digitais. Já a votação por meio da identificação biométrica só será feita depois que todos os eleitores do município realizarem o recadastramento.

Ainda segundo Vilma, apenas os eleitores de Chácara têm a obrigação de votarem por meio da biometria em 2016. Eles têm que fazer o cadastro das impressões digitais até o dia 18 de dezembro, e além do recadastramento, vão precisar confirmar o vínculo com a cidade, uma vez que o município apresenta o número de eleitores superior ao de moradores.

O horário de atendimento do recadastramento biométrico é de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h, nos cartórios de Juiz de Fora, e de segunda a sábado, das 9h às 17h, na Central de Atendimento, localizada na Avenida Presidente Itamar Franco, nº 1.418, no Centro.

Os eleitores desses municípios podem obter mais informações no cartório  eleitoral responsável ou pelo Disque-Eleitor (148).

Chácara
A revisão de eleitorado em Chácara exige que o eleitor apresente no momento do recadastramento os comprovantes de residência dos três últimos meses. Os documentos precisam estar no nome do eleitor, ou caso contrário, é necessário comprovar o vínculo com o titular.

Para quem não mora em Chácara, mas vota no município, deve comprovar o vínculo com a cidade por meio de relação escolar ou profissional.

Vilma disse que até o momento apenas 200 dos 2.646 eleitores compareceram aos cartórios. Ela lembra que os que não comparecerem terão o título cancelado.